A INCLUSÃO DO SURDO NO MERCADO DE TRABALHO FORMAL

Edson Gomes Loxe, Fabio Vinicius de Macedo Bergamo, Jackeline Mennon Fernandes, Walter Rubini Bonelli da Silva

Resumo


Este trabalho propõe um estudo sobre as percepções dos Surdos sobre sua inclusão no mercado de trabalho formal, onde aborda o preconceito e discriminação vivenciada pelos Surdos no ambiente organizacional, causadas por uma sociedade composta pela maioria de Ouvintes diante de uma cultura diferente da sua, conhecida como Cultura Surda. Discute-se ainda qual o grau de efetividade de leis que existem teoricamente com a finalidade de assegurar a igualdade e a inclusão da Pessoa com Deficiência. Outros aspectos como a importância do apoio familiar, empregabilidade, a qualificação profissional do Surdo e o papel das empresas e do governo na capacitação, desenvolvimento e incentivo para este profissional, e por fim, se as empresas estão preparadas para receberem os Surdos. Onde através das percepções dos Surdos, identifica-se a necessidade de investimento e maior grau de importância tanto do poder público, quanto da iniciativa privada, para de fato garantir a inclusão do Surdo no mercado de trabalho formal.

Palavras-chave


Surdos; Mercado de Trabalho; Inclusão; Cultura Surda; Gestão de Pessoas; PCD

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BATISTA, Cristina Abranches Mota et al. Inclusão dá trabalho. Belo Horizonte: Armazém de Ideias, 2000.

BATISTA, Cristina Abranches Mota et al. Inclusão: construção na diversidade. Belo Horizonte: Armazém de Ideias, 2004.

BRASIL, LEI N. 8.213/91. Disponível em: Acesso em 14.09.2017

BRASIL, Quase 80 mil pessoas com deficiência auditiva têm carteira assinada no Brasil. Disponível em: Acesso em 30.11.2017

BRASIL, Apesar de avanços, surdos ainda enfrentam barreiras de acessibilidade. Disponível em: Acesso em 30.11.2017

DAMASIO, M.F. Educação escolar de pessoas com surdez: Uma proposta Inclusiva. Campinas: Tese de Doutorado, 2005.

GURGEL, Maria Aparecida. Pessoas com deficiência e o direito ao trabalho. Florianópolis – SC: Obra Jurídica, 2007.

MENDES, Rodrigo Hübner. Desmistificando os impactos da diversidade no desempenho das organizações. Anais III Encontro Nacional de Estudos Organizacionais, Atibaia, 2004.

PASTORE, José. Oportunidades de trabalho para Portadores de Deficiência: São Paulo: LTr, 2000.

SASSAKI, RK. Inclusão: construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 1997.

STROBEL, K. As imagens do outro sobre a cultura surda. Editora da UFSC, 2. Ed. Rev. Florianópolis, 2009.

TST, Informativo TST Nº 136. Acesso em 30.11.2017

VIANA, Alvanei dos Santos. A inserção dos Surdos no mercado de trabalho:

Políticas públicas, práticas organizacionais e realidades subjetivas; Rio de Janeiro, Tese de Mestrado, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA 1979 - 2017 | BR 101 KM 197 | CAIXA POSTAL 18 | CACHOEIRA - BAHIA | +55 (75) 3425 - 8000