Plano Estratégico do Sistema Estadual da Segurança Pública (PLANESP) 2016 a 2025: uma análise do uso da ferramenta Balanced Score Card (BSC) na sua elaboração

Autores

  • Jéssica Nascimento de Oliveira Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

Balanced Score Card (BSC), Planejamento Estratégico, Segurança Pública.

Resumo

O presente artigo, tem por objetivo geral analisar a contribuição da ferramenta BSC no desenvolvimento do PLANESP 2016 a 2025. Em relação ao percurso metodológico, foi realizado um estudo de caso, configurando uma pesquisa descritiva. Para realização do mesmo, partiu-se de uma pesquisa bibliográfica, juntamente com pesquisa documental para identificação do uso do BSC no planejamento estudado. Foi feita também uma entrevista utilizando roteiro estruturado com uma representante da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Como principal conclusão, observou-se que o uso do BSC possibilitou à SSP revisão e aperfeiçoamento do seu planejamento. Todavia, tal conclusão encontra-se limitada a fase de elaboração do planejamento, visto que a fase de execução ainda está em andamento.

Referências

ANSOFF, H. Igor e McDONNELL Edward J. Implantando a administração estratégica. 2ª edição. Trad. Antônio Zorato Sanvicente. São Paulo: Atlas, 1993.
BAHIA. Secretaria da Segurança Pública. Planesp: Plano Estratégico do Sistema Estadual da Segurança Pública. Salvador: EGBA,2017. Acesso em: < http://www.ssp.ba.gov.br/arquivos/File/Projetos/PLANESP.pdf >. Acesso em: 12 de Ago. de 2017.
BARROS, Marcelo. Políticas públicas de segurança no Brasil: mito ou realidade? In: RATTON, José Luiz, BARROS, Marcelo (Orgs.). Polícia, democracia e sociedade. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2007.
BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal,1988.
GHELMAN, Sílvio; COSTA, Stella Regina Reis da. Adaptando o BSC para o setor público utilizando os conceitos de efetividade, eficácia e eficiência. In: SEGeT - III Simpósio de Excelência em gestão e Tecnologia, 2006, Resende. Anais do III SEgeT, 2006.
KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. A Estratégia em Ação: Balanced Scorecard. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1997.
KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. Balanced Scorecard: translating strategy into action. Boston: Harvard Business School Press, 1996
KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. Mapas Estratégicos: Convertendo Ativos Intangíveis em Resultados Tangíveis. Rio de Janeiro: Editora Campus, 2004.
QUINTELLA, R. H.; CABRAL, Sandro. Um modelo espacial para análise e ensino de escolas de pensamento estratégico. RAP. Revista Brasileira de Administração Pública, v. 41, p. 1165-1188, 2007.
TENÓRIO. Fernando G.. Gestão de ONGs: principais funções gerenciais. 10 ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.
TZU, Sun. A arte da guerra. São Paulo: Martin Claret, 2002.
VOLTOLINI, Ricardo. Terceiro Setor: planejamento & gestão. 2. ed. São Paulo: SENAC, 2004.

Publicado

2020-01-17

Como Citar

Oliveira, J. N. de. (2020). Plano Estratégico do Sistema Estadual da Segurança Pública (PLANESP) 2016 a 2025: uma análise do uso da ferramenta Balanced Score Card (BSC) na sua elaboração. Revista Formadores, 12(8), 77. Recuperado de http://seer-adventista.com.br/ojs3/index.php/formadores/article/view/1220