O “Outro” Divino e a Personalidade do Espírito Santo: Uma Análise de “ALLOS” no Evangelho e no Apocalipse de João.

Autores

  • Adenilton Tavares de Aguiar Mestre em Ciência da Religião, Professor do Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia.
  • Israel Alves Ribeiro Bacharelando em Teologia pelo SALT-IAENE

Resumo

RESUMO
Este trabalho analisa o texto de João 14.16 – em que Jesus afirma a vinda de um “outro Consolador” que seria Seu Substituto – como uma ferramenta válida na defesa da divindade do Espírito Santo. Muitas correntes trinitárias, inclusive a adventista, aportam este dogma se embasando neste texto, não obstante a controvérsia em redor dele. Inicialmente, é relacionada uma lista de autores da erudição cristã que utilizam a abordagem tradicional, em seguida, porém, os especialistas no idioma grego e os críticos exegéticos são consultados para se verificar a fidedignidade da usual interpretação, e, finalmente, é apresentada a exegese dos textos bíblicos que podem solucionar a questão. A posição apresentada no texto busca clarificar a ideia de que a perícope estudada tem importante função na defesa da divindade do Consolador unicamente como aporte a outros textos mais, já que muitas outras passagens sugerem a deidade do terceiro membro da Trindade, entretanto, a utilização isolada deste texto joanino, torna a discussão pobre e tendenciosa.

PALAVRAS-CHAVE: Divindade do Espírito Santo. Consolador. Paracletos. Allos. Heteros. Teologia Joanina. Interpretação. Tradição.

ABSTRACT
This work analyses the text of John 14.16 – where Jesus affirms the arrival of an “another Consoler” that should be His successor – as a valid tool on the Consoler divinity defense. Many of the Trinitarian streams, include the Adventist, defend this principle with bases on this text in spite of the controversy around it. In first place, it has exposed a list of authors of the Christian erudition users of the traditional approach, then, the experts on the Greek idiom and exegetical critics are consulted to certificate the faithfulness of the usual interpretation, and, finally, its spread an exegesis of the biblical texts that could resolve the question. The position shown on the text intents clarify the idea of the biblical portion analyzed has important function on the Holy Spirit divinity defense only as a help to others texts, because a lot of others verses suggest the deity of the Third member of the Trinity, but the separate use of this johannine makes the discussion poor and tendentious.

KEYWORDS: Divinity of the Holy Spirit. Consoler. Paracletos. Allos. Heteros. Johannine Theology. Interpretation. Tradition.

Referências

BARCLAY, W. El Nuevo Testamento. Buenos Aires: Asociación Ediciones La Aurora, 1984

BERNARD, J. H.: McNeile, Alan Hugh (Hrsg.): A Critical and Exegetical Commentary on the Gospel According to St. John. New York: C. Scribner’ Sons, 1929

BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.

BOOR, Werner. Comentário Esperança: Evangelho de João. Curitiba: Editora Evangélica Esperança, 2002.

BROWN, E. Raymond. The Anchor Bible: The Gospel According to John. Garden City, New York: Doubleday & Company, Inc., 1986.

CANALE, Fernando. Tratado de Teologia Adventista do Sétimo Dia. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2011.

CARSON, D. A.: The Gospel According to John. Leicester, England; Grand Rapids, Mich.: Inter-Varsity Press; W.B. Eerdmans, 1991.

CHAMPLIN, N. Russel. O Novo Testamento Interpretado: versículo por versículo. São Paulo: Milenium,1985.

CLARKE, Adam: Clarke’s Commentary: John. Electronic ed. Albany, OR: Ages Software, 1999

CRESS, James. et al. Nisto Cremos. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2008.

CRISTIANINI, Arnaldo. Radiografia do Jeovismo. Santo André, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1975.

GINGRICH, F. Wilbur. Léxico do Novo Testamento: Grego – Português. São Paulo: Vida Nova, 2007.

GULLEY, Norman. Systematic Theology, God as Trinity. Barrien Spring, Michigan: Andrews University Press, 2011.

HENRY, Matthew. Matthew Henry’s commentary: on the whole bible. London and Edinburgh: Fleming H, 1706.

LENSKI, R. C. H. Interpretation of St. John Gospel. Columbus, Ohio: The Wartburg Press, 1959.

LEVISON, R. John. The New Interpreter’s Dictionary of The Bible. Nashville: Abingdon Press, 2007.

MILLARD, Erickson. Introdução à Teologia Sistemática. São Paulo: Editora Vida Nova, 1992.

MOUNCE, D. William. Léxico Analítico do Novo Testamento: Grego. São Paulo: Vida Nova, 2013.

NETO, Azevedo Joaquim; COSTA, S. S. Isael. Léxico Analítico do Grego do Novo Testamento. Cachoeira: CePLIB, 2010.

NICHOL, Francis D.: The Seventh-day Adventist Bible Commentary: The Holy Bible With Exegetical and Expository Comment. Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1978.

PEREIRA, G. Maurício. Artigos Científicos: Como redigir, publicar e avaliar. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

PIRES, F. M. Luis. Controle Judicial da Discricionariedade Administrativa. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

RAMOS, José Carlos. Revista Parousia. São Paulo: UNASPRESS, 2005.

REID, W. George. Compreendendo as Escrituras. São Paulo: UNASPRESS, 2007.

ROBERTSON, Archibald Thomas. Word Picture in the New Testament. Nashville, Tenessee: Broadman Press, 1960.

RODOR, Amin. O Espírito-Paraklétos no quarto Evangelho. Revista Parousia. São Paulo: UNASPRESS, 2005.

RYRIE, C. Charles. Teologia Básica, ao alcance de todos. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 2000.

SMAIL, Tom. A Pessoa do Espírito Santo. São Paulo: Loyola, 1994.

Stern, David H.: Jewish New Testament Commentary: A Companion Volume to the Jewish New Testament. Electronic ed. Clarksville: Jewish New Testament Publications, 1996.

WICLIFFE, J. Wycliffe Bible Commentary. Chicago: Moody Press, 1962.

Publicado

2013-12-05

Como Citar

Tavares de Aguiar, A., & Alves Ribeiro, I. (2013). O “Outro” Divino e a Personalidade do Espírito Santo: Uma Análise de “ALLOS” no Evangelho e no Apocalipse de João. PRÁXIS TEOLÓGICA, (13). Recuperado de http://seer-adventista.com.br/ojs3/index.php/praxis/article/view/640

Edição

Seção

Artigos